Caderno de quotes de livros: Mordidas Sonoras

Li o “Mordidas Sonoras”, do Alex Kapranos, em duas sentadas na Biblioteca Mário de Andrade. Achei divertido e bem articulado. Dois trechos para o meu caderno de quotes de livros:

“Tenho estômago fraco, de dar até vergonha. Quando vejo sangue e sofrimento, desmaio. Não faz muito tempo, assistindo a Coisas Belas e Sujas num avião, desmaiei durante a cena da operação e fui acordado por Nick McCarthy e por uma aeromoça dando tapinhas no meu rosto. Mas ao arrancar as vísceras vermiformes das aves, não sinto coisa nenhuma. Me pergunto se é porque já estripei centenas de aves antes, mas não é. É porque já não se trata de uma ave. Virou carne, e não sentimos compaixão por carne. Me assusta pensar nas implicações disso, por isso nem penso.” (p. 49)

“Passada a tenra infância, poucas são as oportunidades de experimentar sensações inteiramente novas. Quando topamos com uma, não sabemos direito o que fazer.” (p. 56)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s