Retrospectiva do ulpan: cinco meses de aulas de hebraico resumidos em 20 gifs

O ulpan aleph terminou na semana passada, e eu me dei uns dias de férias antes de começar a procurar outro curso de hebraico. Não escrevi o diário de bordo do ulpan do último mês porque a maioria do conteúdo acabou sendo de revisão para as provas finais – nas quais eu fui muito bem, obrigada; mas eu quero deixar marcado este capítulo da minha vida, então segue um post especial de gifs, porque sim.

(Gifs: reprodução)

1. Indo para o primeiro dia de aula na escola de hebraico:

Tão inocente.

2. Vendo que 99% da escola só fala russo, mas tudo bem, porque assim vai dar para aprender dois idiomas de uma vez só:

Tão, tão inocente.

3. Percebendo que você não aprender russo coisa nenhuma, que você só vai ficar sozinha com cara de bunda enquanto as pessoas ao seu redor falam em russo, escrevem em russo, riem em russo, vivem em russo:

#foreveralone

4. Quando a professora vai ensinar a contar de um a dez em hebraico, e de repente a sala toda começa a contar junto, porque eles já estudaram hebraico antes de vir para Israel e você é a única que ainda não sabe contar:

Achat, shtaim, shalosh.

5. Dando aquela choradinha básica no banheiro da escola porque você não entende seus colegas, não entende a professora e não tem amigos:

Quem nunca?

6. Chegando em casa e desabafando tudo no blog, porque você se expressa melhor escrevendo do que falando:

Leia mais posts na tag “ulpan“.

7. Se jogando nos estudos porque é o que dá pra fazer, né:

8. Quando toca uma música em hebraico na rádio e você entende uma palavra pela primeira vez:

A emoção!

9. Quando você entende uma frase inteira:

10. Recebendo o resultado de uma prova importante e vendo você foi melhor do que muitos alunos que estudaram hebraico antes de vir para Israel:

Digdin, digdin, digdin.

11. Toda vez que a professora faz revisão de um assunto e pergunta o que é a palavra “xis”, e você tem certeza que estudou essa palavra na semana passada, mas não consegue lembrar o que é:

A arte de confundir “machshev” (“computador”) com “michtáv” (“carta”), com “misrád” (“escritório”), com “messibá” (“festa”), com “missadá” (“restaurante”).

12. Na primeira vez que rola quebra-pau na sala porque os alunos não chegam a um consenso sobre qual a tradução exata de uma palavra “xis” do hebraico para o russo:

13. Na septuagésima terceira vez que rola esse mesmo quebra-pau:

14. Aprendendo a conjugação de verbos irregulares no passado:

15. Aprendendo a conjugação de verbos irregulares no futuro:

16. Tentando memorizar todos os pronomes que existem em hebraico:

17. Quando você descobre que não pode fazer o ulpan bet, mesmo depois de ter estudado pencas e batalhado para se tornar uma das melhores alunas da turma:

Voltei pra casa chorando nesse dia. Escrevi sobre isso neste post.

18. No último mês de aula, quando o merecido descanso está quaaase ali, tão perto mas tão longe:

Férias… quaase… quaaase…

19. Quando o curso finalmente termina, e você acha que vai se despedir dos seus colegas de sala assim:

Who’s bad?

20. Mas na verdade acaba se despedindo assim:

#coraçãodemanteiga.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s