Viagem à Jordânia em fotos de bichinhos fofos

Um homem e seus burros em Petra, na Jordânia. Foto: Sarah Lee/Gaveta de Esquilo

Estou com alguns posts de viagem acumulados pra postar, mas a inspiração não vem, então para contar da nossa aventura na Jordânia, vou apelar para fotolegendas de bichinhos fofos:

A viagem à Jordânia começou com uma viagem por Israel. O Alex tinha que ir até Eilat, no sul do país, a trabalho, e eu não apenas fui junto de feliz, como convidei o Daniel e o Anselmo, que vieram do Brasil e estavam passando férias em Tel Aviv, para ir com a gente :D Fizemos Eilat/Mar Vermelho, e, como era perto, decidimos ir também para a Jordânia. Na foto, um bichinho fofo do deserto israelense. Depois de tirar a foto, alguém apontou que na montanha lá atrás tinha vários bichinhos fofos de boa, tomando sol. Eles são exatamente da mesma cor das pedras, por isso é difícil de enxergar se você não souber pra onde tem que olhar. Danadinhos! Foto: Sarah Lee/Gaveta de Esquilo
Para ir de Israel até a Jordânia, foi simples assim: deixamos o carro no estacionamento do Yitzhak Rabin Border Crossing, em Eilat, botamos as mochilas nas costas, pagamos umas taxas de entrada, e fomos andando de um país pro outro. No lado jordaniano, que fica na cidade de Aqaba, fomos recebidos por um representante da agência de viagens que a gente contratou, e, depois de passar pela burocracia de entrada, ele nos direcionou pro nosso motorista. O motorista nos levou até o deserto de Wadi Rum, onde fomos recebidos pelo nosso guia, que nos levou pros picos locais. Wadi Rum é um cenário de outro mundo que atrai, além de turistas, produtores cinematográficos buscando… cenários de outro mundo. “Perdido em Marte” é um filme recente que foi gravado por lá, e, olha só: nosso guia local disse que conheceu o Matt Damon! Aqui, um camelo curiosinho. Foto: Sarah Lee/Gaveta de Esquilo
No dia seguinte fomos para Petra, que é uma das Novas Sete Maravilhas do Mundo, e que foi escolhida pela revista “Smithsonian” como um dos “28 lugares para ver antes de morrer”. Check! Lá, nós fomos guiados pelo pior guia do mundo, mas tudo bem, porque a paisagem compensa. A entrada já é inesquecível. O Siq é uma passagem formada naturalmente, um caminho perfeito no meio de uma rocha de 200 metros de altura que se partiu com a força de movimentos tectônicos. Você anda mais de um quilômetro por essa via sinuosa, em que você não vê nada além do céu e das paredes rochosas, e, quando parece que não vai mais acabar, surge à distância, como uma luz no fim do túnel, o Tesouro (Al-Khazneh): uma tumba com fachada em estilo helenístico de 40 metros de altura, escupida direto na rocha. Saindo do Siq, a cidade se abre, e de lá você tem muitas opções de trilhas e de coisas para ver. Nós escolhemos ir para o Monastério, onde registrei esse gatinho carismático – um dos vários que vimos por lá. Foto: Sarah Lee/Gaveta de Esquilo
O Monastério, construído no século 3, é parecido com o Tesouro, mas é ainda maior (45 metros de altura e 50 de largura), e fica no topo de um monte. O Lonely Planet diz que a trilha até lá leva 40 minutos, mas acho que a gente levou muito mais do que isso. A trilha é comparável à de Massada (falei desse rolê aqui e aqui): uma subida “seca”, sem natureza, sem árvores para fazer sombra, só pedra, sol, e muitos degraus – 800 para o Monastério, 100 a mais do que para Massada. Acho que foi a trilha mais difícil que já fiz na vida. E é engraçado, porque quando você finalmente chega ao topo, a primeira coisa que você vê é uma construção pequenininha, e você pensa “eu subi até aqui pra *isso*???”, mas aí você olha pra direita e vê o Monastério esculpido na rocha, e fica tudo bem. Quem também acha que tá tudo bem? Essa ovelha pretinha com peruquinha branca. Foto: Sarah Lee/Gaveta de Esquilo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s