Coração quentinho na estação de trem

Eu estava na estação de trem esperando para ir pra casa, quando os alto-falantes fizeram um anúncio em hebraico e as pessoas na minha plataforma começaram a se movimentar com pressa; era alguma coisa sobre um trem próximo ter mudado de plataforma.

Tirei o fone de ouvido e prestei atenção à repetição do anúncio, mas não consegui entender qual trem tinha mudado. Estava lá tentando compreender se eu também precisava correr, quando, do meio daquela manada de gente, sai um moço com farda de soldado que para na minha frente e me pergunta, em inglês com sotaque, qual trem eu estou esperando. Ele me explica o que foi dito nos alto-falantes, e concluímos que não foi o meu trem que mudou; eu posso continuar onde estou. Eu agradeço de coração quentinho. A gente troca sorrisos. Ele se funde à manada de gente correndo.

Pequena Lista de Palavras Engraçadas em Hebraico – parte 2

Hoje faz exatamente um ano que eu publiquei a Pequena Lista de Palavras Engraçadas em Hebraico; está na hora de uma parte 2!

“Aba”: pai
“Agalgál”: redondo
“Bôi”: vem! (dito para meninas; para meninos, é “bo”)
“Kalei-kalút”: fácil; “piece of cake”
“Nafnáf”: ele abanou (do verbo “lenafnéf”, abanar)
“Notnót”: elas dão
“Shiviôn”: igualdade (acho engraçado porque tem uma sonoridade meio francesa)
“Sus”: cavalo (e a grafia em hebraico parece que está escrito “oio”: סוס)
“Tut sadé”: morango (precisa de duas palavras só pra falar “morango”?)
“Zimzúm”: zumbido

Mas “melafifón” (pepino) continua sendo a melhor palavra.

“- Melafifón” 😂. Foto: reprodução

Caderno de quotes de livros: פו הדוב הכי טוב בעולם

“פו הדוב הכי טוב בעולם” ou “Puff, o melhor urso do mundo”. Que treta foi ler esse livro. Ele é bem maior do que os outros dois em hebraico que eu postei aqui. E fiquei vários dias empacada, porque tava me sentindo tão desanimada nos estudos de hebraico :/ Mas quando cheguei na historinha do Bisonho, que é maravilhosa (eu tava rindo alto lendo livro do Ursinho Puff, minha gente), peguei o ritmo e terminei de ler rapidinho.

Um trecho traduzido para português – porque sou fina e poliglota – para o meu caderno de quotes de livros:

“Puff era um urso com um cérebro muito pequeno, mas ele sabia identificar quando um amigo precisava de ajuda.” (p. 77)

O Alex encontra beleza nos meus olhos

O título parece romântico, mas na verdade eu vou escrever sobre um dos temas menos sexy do mundo: semântica hebraica.

Tem uma expressão em hebraico que eu acho engraçada, porque ela faz um drama enorme para dizer algo muito simples. “Limtsô chen beinéi”, cuja tradução literal é algo como “encontrar beleza (ou graça) nos olhos de”, significa apenas que fulano gosta de tal coisa.

Então se eu quero dizer que “Eu gosto do Alex”, eu falo: “Alex motsé chen beeinái”, ou, literalmente, “O Alex encontra beleza nos meus olhos”. Para dizer que “Ele gosta de mim”, eu falo: “Ani motsét chen beeináv”, ou “Eu encontro beleza nos olhos dele”.

O mais cômico é que a expressão não serve apenas para pessoas; você pode usá-la com as coisas mais mundanas, tipo “pneu”, e vai soar como se estivesse declamando um poema: “Ele gostou deste pneu” = “Hatsemíg hazé matsá chen beeináv” = “Este pneu encontrou beleza nos olhos dele”.

Apesar de parecer pomposa, a expressão é supercomum no hebraico do dia-a-dia – tanto que, antes de fazer uma pesquisinha para escrever este post, eu nem sabia que o verbo “gostar” existe, sim, em hebraico: “lichabév”. No ulpan eu aprendi apenas o “leehóv”, que a professora traduzia como “to love or to like”. E o Google Translate curiosamente não mostra o “lichabév” quando você busca por “gostar”; “gostar” e “amar” são igualmente traduzidos como “leehóv”.

Fiz um print pra vocês verem: “amar” e “gostar” são traduzidos para o hebraico como se fossem a mesma coisa: “leehóv”. Só depois de tentar em inglês é que descobri que tem um verbo diferente para cada um: “leehóv” e “lichabév”. Foto: Sarah Lee/Gaveta de Esquilo

Para terminar, mais duas curiosidades sobre o assunto “romance” (ou não): em hebraico, não existe a palavra “namorado”; ou você é meu amigo, ou é meu marido. E na verdade, a palavra “marido” não significa “marido”; ela significa “dono”!

+ Retrospectiva do ulpan: cinco meses de aulas de hebraico resumidos em 20 gifs

+ Pequena lista de palavras engraçadas em hebraico