Vi no Instagram – Grace J

Grace J (@illustrator_grace_j) se descreve no Instagram como “cat illustrator”. Eu gostaria de ter o emprego da Grace J. Aliás, ela é mais uma coreana que poderia ser eu, mas não é.

Ilustrações de gatinhos:

E às vezes ela mostra a evolução dos desenhos, o que eu acho muito legal:

Vi no Instagram – Madeline Woo em O Talismã

Acho que já deu pra perceber que eu passo bastante tempo na página de Search & Explore do Instagram, né? (oi, oi) Há alguns dias, vi essa variação de “O Talismã” dançada por uma bailarina chamada Madeline Woo, de 14 anos (!), e fiquei hipnotizada. Perdi a conta de quantas vezes seguidas eu assisti; e toda vez que o vídeo reaparece, eu assisto de novo. A primeira sequência de giros é tipo “Uhhh! Ohhh! <3”.

Vi no Instagram – Dani Ives

Essa moça Dani Ives (@begoodnatured) que eu sigo no Instagram faz vários trabalhos manuais fofos, como o de feltragem; mas eu gosto especialmente dos vídeozinhos em que ela mostra seus sketchbooks, que são lindos! Sempre que vejo ela postando me dá vontade de pegar um caderno e começar a desenhar também, mas daí eu lembro que não tenho talento.

Hoje ela postou esse vídeo, e estou amando esse abacate:

Mais vídeos de sketchbooks:









Vi no Instagram – Mari Andrew

A ilustração abaixo apareceu na minha página de Search & Explore do Instagram, e, atraída pela referência ao kimchi, é claro que cliquei no perfil pra conhecer mais.

A artista é a americana Mari Andrew (@bymariandrew), que trabalha com texto e ilustração e que começou a ganhar popularidade há pouco tempo; quando botei o nome no Google pra descobrir informações, vi que sites como o BoredPanda e o BuzzFeed recentemente publicaram posts sobre ela.

No Instagram ela compartilha um quadrinho por dia com temas variados, quase sempre focados na sua própria experiência como jovem adulta. Eu gosto dos que falam sobre crescimento pessoal e o desmantelamento do patriarcado: